Arquivos

Novo método Dukan

Lançado em meados de março na França, um novo método Dukan: L’Escalier Nutritionnel (algo como a escada nutricional). Segundo o site oficial francês da dieta, ela seria indicada para quem quer perder menos de 15kgs, quem não tem pressa e/ou quem tem uma vida social mais intensa ( ?!! ).
A “escada” segue uma idéia de acrescentar alimentos a cada dia, mantendo os do dia anterior.
Começamos toda segunda-feira com proteína pura, como na fase de ataque tradicional da dukan. Proteínas magras, laticínios 0% de gordura.
Na terça-feira, mantemos as proteínas e acrescentamos vegetais e legumes à vontade. Não pode batata, ervilha..
Na quarta-feira acrescentamos 150g de frutas! Não pode banana nem uva!
Na quinta feira acrescentamos 45g de pão integral! São cerca de duas fatias!
Na sexta-feira poderemos comer, além de tudo que já estava liberado, 40g de queijos com até 20% de gordura (emental, gruyere, parmesão, feta, mussarela…).
No sábado fica liberada uma porção de “fécula” . Seria batata, arroz, macarrão, feijão, ervilha, milho…ele fala pra dar preferência para as massas integrais, o feijão ou a ervilha. Evitar a batata…
No domingo é dia de gala! Uma refeição normal: entrada, prato principal, sobremesa e uma taça de vinho! Só não pode repetir!
Segunda-feira começa tuuuuudo de novo….
Não esqueça que os princípios básicos da dukan ainda estão presentes: 1,5 col sopa de farelo de aveia, 2 litros de água e 30 minutos de caminhada por dia são obrigatórios!!
Achei uma boa alternativa à Dukan tradicional, só falta ver se funciona 🙂

20140325-152214.jpg

Anúncios

Dieta 5:2 ou Jejum Intermitente

Será que essa dieta serve pra você?

Ela é baseada no conceito de “intermitent fast” , ou seja, jejum intermitente. Nela, você fica praticamente em jejum por dois dias na semana e come normalmente nos outros 5 ( 5:2).

Esses dois dias de “jejum” significam 500 calorias para mulheres e 600 para homens. Ou seja, quase nada 😦 Mas em compensação, nos outros dias você pode comer normalmente 🙂

Você deve escolher dias alternados na semana para seguir a dieta. O recomendado é que sejam, por exemplo, segunda e quinta, mas isso não é obrigatório. Nesses dias, tome muito chá, água e bebidas de baixa caloria. Fica a seu critério ingerir todas as calorias permitidas em uma única refeição ou espalhá-las no decorrer do dia em pequenas porções.

Alguns cientistas acreditam que os dias de jejum, ao diminuírem o crescimento celular, provocam uma regeneração das células já existentes, além de encorajar a queima de gordura. Dessa forma, haveria uma diminuição de doenças degenerativas ( como Alzeimer e Parkingson ), além de perda de peso.

Ela ficou famosa ao ser apresentada no programa da BBC de Michael Mosley, com o título:  Eat, Fast and Live Longer (http://documentaryheaven.com/eat-fast-and-live-longer/), traduzindo: “Coma, Jejue e Viva Mais”. No programa, esse bioquímico inglês mostra exames laboratoriais, entrevistas com pesquisadores e registros de sua própria evolução na dieta.

Depois do programa ir ao ar, ele, com ajuda de uma jornalista, transformou a dieta em livro que, rapidamente virou Best Seller.

A dieta é, ao mesmo tempo, sacrificante e muito fácil: “sacrificante” dois dias na semana, e “muito fácil” nos outros dias 🙂

Para os dias de 500 calorias segue uma sugestão de cardápio:

  • café da manhã: um yogurte molico de morango (41 calorias), 1/2 mexirica poncan (25 calorias), chá com adoçante e uma gelatina Zero.

  • almoço: um filé de frango grelhado pequeno (75g = 137 calorias), salada de alface com sal (100g = 15 calorias), chá gelado com adoçante e uma gelatina zero de sobremesa.

  • lanche da tarde: morangos (100g = 34 calorias)

  • jantar: igual ao almoço

  • ceia: duas fatias de pão Nutrella de cenoura e mel (66 calorias), um polenghinho light (30 calorias)

E aí? Vai encarar?! :))

Dieta Dukan

A dieta Dukan ficou conhecida como a Dieta da Princesa, quando foi atribuída ao emagrecimento da Princesa Kate antes do casamento.
No livro ” EU NÃO CONSIGO EMAGRECER”, o Dr Pierre Dukan explica tuuuudo sobre essa dieta que tem por princípio o corte radical dos carboidratos. Mas aí vai um resumão!
A primeira fase, conhecida como fase de ATAQUE, consiste em comer somente proteínas magras, 1 1/2 colheres de farelo de aveia e 2 litros de água por dia. Ou seja, pode comer, à vontade, carne, frango, peixe, leite desnatado, cottage zero, requeijão zero, iogurtes desnatados. É liberado refrigerante zero, chá e café com adoçante e gelatina zero. Essa fase será de 1 a 10 dias, dependendo de quanto você quer emagrecer: até 5 Kgs, 1 dias; de 5 a 10 Kgs, 3 dias; de 10 a 20 Kgs, 5 dias; de 20 a 30 Kgs, 7 dias e acima de 30 Kgs, 10 dias.
A segunda fase, de CRUZEIRO, consiste em alternar um dia PP (proteína pura, o mesmo da fase 1) e outro PV (proteínas e vegetais). Pode ser alternado de 5 em 5 dias também. Nos dias com vegetais aproveite para incluir as saladas e os legumes cozidos no cardápio. Só não pode batata, mandioca, inhame, pinhão…Nessa fase, aumentar a dose de farelo de aveia para 2 colheres por dia e incluir 30 minutos de caminhadas. Seguir esse cardápio até a perda de peso desejada.
A terceira fase, de CONSOLIDAÇÃO, será calculada de acordo com os quilos perdidos: 10 dias para cada quilo. Ou seja, perdeu 10 Kgs, segue por 100 dias. Pode comer proteínas e vegetais seis dias por semana, sem alternância. Um dia por semana é de proteína pura, igual à fase de ataque. Aumentar o farelo para 2 1/2 colheres por dia. Incluir uma fruta (não pode banana, uva, cereja, nem frutas secas); 2 fatias de pão integral; uma porção de queijo (40g) tipo prato , emental ou provolone por dia. Duas porções de féculas por semana, pode ser 200g de massa, 180g de feijão , ervilha, grão de bico, arroz ou batata. Duas refeições de “gala” por semana, onde pode comer o que quiser (mas sem repetir o prato!).
A quarta fase, de ESTABILIZAÇÃO,  segue para a vida toda. Pode comer o que quiser, mas, um dia por semana, será igual à fase de ataque, com proteína pura. Manter para sempre o consumo de 3 colheres de farelo de aveia por dia e os 2 litros de água.
A perda de peso é certa, mas nem todo mundo aguenta ficar sem os carboidratos. Dá fraqueza nos primeiros dias, mau humor e prisão de ventre (controlada com o farelo). Se você passar da primeira fase esses sintomas diminuem. é muuuuito importante variar nas receitas, caso contrário, depois de um mês você não aguenta mais comer as mesmas coisas!!!